Logo Cobra Informática

Como a Logística Reversa se tornou um importante pilar social, econômico e ambiental dentro da cadeia de consumo

Em 2010, o Governo Federal sancionou a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, que instituiu a partir daí a estruturação da Logística Reversa nas empresas. Para entender o que é esse processo, basta inverter o processo tradicional de consumo. Ou seja, o produto é devolvido pelo consumidor, reciclado e no fim do ciclo entregue para distribuidores para que seja reinserido no mercado ou até mesmo reciclado.

No Brasil, a Logística Reversa nasceu como uma solução para a alta quantidade de e-lixo produzido. Atualmente somos o 1º país da América Latina e o 5º do mundo na lista dos que mais geram lixo eletrônico, segundo o relatório The Global E-waste Monitor, da ONU - Organização das Nações Unidas.

A Logística Reversa tem sido um instrumento ecologicamente correto, que contribui para o consumo sustentável, pois os ativos tecnológicos são reaproveitados ou reciclados, tendo no fim do ciclo muitas vezes a possibilidade de reaproveitamento. A partir daí, esses equipamentos voltam para o mercado e têm o ciclo de vida prolongado ao invés de ficarem inutilizados ou descartados de maneira imprópria.

É um processo que agrega responsabilidade social para as empresas que adotam esse hábito, contribui para o desenvolvimento sustentável do planeta, pois evita a poluição e contaminação do meio ambiente e é economicamente viável, uma vez que os ativos retornam para a cadeia produtiva, gerando um consumo muito mais sustentável.

Voltar

Descarte adequado de ativos de informática, conte com a Cobra.

REDES SOCIAIS